Diário de Interpretação

  • último texto

    último texto

    último texto

    Pessoal, tudo bem? Finalmente chegamos ao final do nosso trabalho com o diário de interpretação! E, como toda despedida, nossa última proposta não poderia deixar de mesclar bastante sensibilidade à toda razão que trabalhamos. Eis o nosso tema:

    TEMPO! O que a simples passagem dos ponteiros por sobre números representa pra você? Gostaria que vocês olhassem para trás, lá para o início do ano e visitassem o primeiro texto que escrevemos, vocês se lembram? Eu perguntei Quem é você? e tanta gente se embaralhou tentando se definir… Mas hoje quero que você reflita: quem é você hoje? Você é o mesmo do início desse caderno? O que mudou e por que mudou pra você? (Aiaiaia Fred…) Tire um tempo para pensar sobre isso. Para ajudar vocês na construção dessas ideias, UM DESAFIO aumenta a nota.: você vai escolher, no mínimo, duas pessoas que mantiveram contato com você desde o início do ano. De preferência, que uma dessas pessoas sejam os pais de vocês. Sente-se com eles e pergunte: eu sou o mesmo de antes? Relate no caderno como foi essa experiência e as respostas que coletou. Não vale mentir.

    Sei que estamos em uma etapa de bastante tensão, ano que vem vocês serão vestibulandos; escrevam sobre seus desejos e expectativas em relação ao curso desejado e o que esperam do 3 ano, como acham que será a rotina. Reflitam! É isso, como sempre, deixarei um vídeo desconhecido para que vocês assistam - caso queiram, para se inspirarem: http://www.youtube.com/watch?v=5Jd9dfn0Fgc Vejam a história até o final (ignorem o visual da banda e se concentrem no que está sendo dito).

    Para encerrar, gostaria que vocês escrevessem o que acharam de tudo isso do caderno, da proposta bimestral do diário, das aulas de gramática. Escrevam o que acharam dos conteúdos, das dinâmicas, do andamento, o que não gostaram. Fale o que der vontade de falar… sem represálias. Sintam-se livres.

    Por fim, finalize seu caderno como achar mais conveniente. Dia 11 de novembro os recolherei no colégio. Já estou com saudades :/ Ufa, bom trabalho a todos!

  • Texto V

    Texto V

    Texto V

    Pessoal, tudo bem? Vamos tirar as teias de aranha do diário: acredito que todos vocês já conhecem o sketch do canal Porta dos Fundos intitulado “Deus”. Caso não, assista agora:

    http://www.youtube.com/watch?v=t11JYaJcpxg

    Existe alguma crença, no final das contas, que pode ser considerada correta? Aliás, por que temos a necessidade de confiar em algo que não vemos? Você acredita em algo? O que pensa sobre quem não o faz?

    Mãos a obra! O quarto bimestre está apenas começando!

    1dica: http://pt.wikipedia.org/wiki/Deus

     

  • Texto IV

    Texto IV

    Texto IV

    image

    Pessoal, tudo bem? Espero que todos vocês tenham aproveitado bastante as férias. Para tirarmos as teias de aranha do nosso Diário, o texto IV será sobre a imagem acima! Sim, sua reflexão deverá ser sobre: o que essa imagem diz a você ou sobre você? O que te faz lembrar ou provoca? Que temáticas podemos retirar dela? Observe-a bem e pense… algo me diz que talvez seja algo sobre o Amor…

    Caso precisem de uma inspiração a mais, vejam o vídeo abaixo até o fim http://www.youtube.com/watch?v=9EN9MIa3Kyc&feature=g-like

    Então é isso, abraço e boa escrita! Sejam bem-vindos de volta!

  • Texto III (Desafio)

    Texto III (Desafio)

    Texto III (Desafio)

    Galera, bom dia! Para apimentar as discussões sobre o vídeo postado para o texto III, segue um desafio valendo 1,5 adicional à sua nota do diário. Atenção: os pontos só serão acrescidos se você seguir à risca as orientações do desafio, vamos lá:

    1. Observe essa imagem

    image

    2. O pai de Hannah ficou um pouco bravo com a dedicação excessiva da filha aos instrumentos tecnológicos… pois bem, você agora deverá escolher ficar por DOIS DIAS sem um dos seus instrumentos preferidos do nosso mundinho moderno. Isso mesmo, dois dias inteiros! Ou sem seu celular, ou facebook, twitter, tumblr, blogspot ou mesmo sem o seu computador. Abstinência total.

    3. Relate no diário como foi a experiência, o que você fez/aprontou, se você surtou ou se não conseguiu ficar nem mesmo uma hora. “Fred, mas eu uso o despertador do celular para ir a escola”. Se vire! Encontre outra maneira de acordar. 

    E ai, vão encarar? Boa sorte!

  • Video

    Video

    Pessoal, para escrever o terceiro texto do seu Diário, você vai precisar assistir o vídeo ao lado até o fim. Não preciso nem direcionar o tema. Descubra sozinho, e divirta-se. Ou não.

    Observação: Você precisa MESMO assistir tudo pra entender. E sim, são 8 minutos de vídeo. =*

  • Texto II

    Texto II

    Texto II

    Muito bem, depois que todos conseguimos escrever o primeiro texto, agora é a vez de passarmos para o Texto II do nosso diário! Dessa vez a proposta requer um pouco mais de observação e tempo, mas nada muito complicado. Então, vamos lá!

    1) Já ouviu falar da banda Luxúria? Veja o vídeo da canção Ódio abaixo. Apesar do nome sugestivo, suas letras têm uma criticidade muito bem construída. Segue o link para você assistir direto no Youtube. http://www.youtube.com/watch?v=TP_PqXUu61w&ob=av2n

    2)Gostou da música? Agora leia o pequeno texto abaixo do blog Universo Psicológico, intitulado Por que mentimos. Estamos acabando! http://universopsicologico.blogspot.com.br/2011/05/por-que-mentimos.html

    3)Se você assiste televisão ou é fã de séries, provavelmente já se divertiu muito com Dr House. E qual é o lema do médico mal humorado que todos gostariam de encontrar quando precisam ir ao hospital? Everybody lies (todo mundo mente, em tradução livre).

     image

    Afinal de contas, pra quê tudo isso, Fred? Bom, o que você notou em comum entre todos os três textos? Acabamos de sair do Carnaval e como em todas as outras datas, as pessoas se aglomeram em casas de amigos ou em lugares próprios pra farras. Mas não é só em feriado: você encontra essas pessoas também na escola, na rua, em casa. Você convive com pessoas o tempo inteiro. Mesmo que não goste delas, você acaba sendo falso na maioria das vezes, ou tenta disfarçar… não é?

    Vejam só, a gente reclama das pessoas o tempo inteiro, “me adiciona no facebook e não fala comigo”, “senta na minha frente e nem me dá bom dia”, “fofoca sobre minha família e vem almoçar no domingo, mexe no meu quarto!”. Mas e onde você está no meio de tudo isso? Será que você também não faz a mesma coisa? Será que você não mente suas intenções tanto quanto o resto do mundo?

    Por isso a proposta do diário hoje é: Eu preciso do Outro? Reflita sobre essa relação e perceba que outro está grafado com letra maiúscula, trata-se de um Outro, todo aquele que não é você. Lembre-se de compreender bem o ponto de ligação entre os textos, como se fossem os “termos integrantes da oração” que estudamos essa semana, nos mostrando que a gente precisa sempre de um complemento… será?

    Por fim, um desafio que vai aumentar sua nota: durante um dia inteiro, registre no diário todas as vezes em que você foi falso com alguém. Seja por meio de atitudes ou palavras, na internet. Escolha um dia da semana e faça isso. Anote a hora, e a situação, descreva-a se quiser. Mas mantenha essa listagem por um dia inteiro, e ao final dele, responda: eu preciso do Outro?

    Um ótimo texto a todos!

    BÔNUS: se quiser tornar sua reflexão um pouco mais interessante, veja também o videoclipe abaixo da banda Evanescence, intitulada “Everybody’s fool” (traduzindo, algo como ” você faz todo mundo de bobo) http://www.youtube.com/watch?v=jhC1pI76Rqo Boa sorte!

  • Texto I

    Texto I

    Texto I

     

    image

    Essa é a primeira imagem que conduzirá nosso diário. Observe bem e responda: quem é você? ~ Isso, fale sobre si mesmo. Não se esqueça de que deve escrever com suas palavras aquilo que pensa, inspirando-se nesse texto não-verbal acima. Veja além do óbvio! Há muito para se dizer?! Bom trabalho!

                                                                              ….quem é você?

  • Orientações

    Orientações

    Orientações

    Sejam todos e todas bem vindos(as) ao roteiro do Diário de Interpretação! Visite essa página sempre que surgirem dúvidas sobre o que/como fazer.

    1) Lembre-se de adquirir um caderno a parte de seu material escolar. Poderá ter o formato que você quiser. O importante é você poder manuseá-lo sempre, sem jamais esquecê-lo!

    2) Já tem o caderno? Agora deixe-o a sua cara. E nada de ficar achando que isso é coisa de Jardim I, porque preciso que seu caderno, que será seu diário, fique com cara de um Diário que pertence a você! Ah, e vale ponto!

    3)  Pronto. Agora é só esperar as atualizações. Quinzenalmente colocarei aqui algum tipo de texto (verbal, não-verbal ou áudio-visual). Depois que você lê-lo, preciso que você pense e comece a escrever no seu Diário suas impressões sobre o texto! Isso mesmo, simples.

    4) Eu disse pense. Você não vai simplesmente encher linguiça escrever qualquer coisa. Escreva livremente um texto desenvolvendo a ideia do texto que eu postei, e o que você pensa sobre ela. É muito importante que você desenvolva o seu ponto de vista. Por isso é um diário, porque dá liberdade para que você escreva a sua maneira, do seu jeito. Eu quero ver marcas da sua opinião, daquilo que vem a cabeça quando você ler os posts. Sem medo.

    5) Por último, cópia da internet vai anular todo o seu trabalho de escrita. Até porque não se digita em diário…. então mãos a obra! Cuide bem dele, e seja pontual na entrega! Cada post virá com suas especificações. Qualquer dúvida, envie um e-mail ou faça sua pergunta nos comentário desse post!

                                                                               Abraço e boa escrita!